Como participar de comunidade de desenvolvedores


Como desenvolvedores, estamos acostumados a receber muita coisa sem dar nada em troca. Utilizamos a todo momento códigos que estão em repositórios públicos, em gerenciadores de dependências ou em sites de compartilhamento de código. Sem nem nos preocuparmos com o trabalho que alguém teve para deixar o código bem escrito, nas noites de sono que foram perdidas, naqueles bugs e issues reportados por quem utiliza e na paciência que tiveram em documentar as funcionalidades mais importantes.

Muitas vezes, esses códigos são escritos por pessoas como você e eu, desenvolvedores que observam um problema e sofrem tentando resolvê-lo. Mas, diferente de muitos outros, pensam que poderiam estar ajudando os outros compartilhando a solução. E é isso que fazem: tornam público o código que desenvolveram, aceitam todo tipo de ajuda – desde report de problemas, até ajuda com a escrita de exemplos de utilização.

Para ajudar os desenvolvedores desses milagres em forma de código, não é necessário ser o melhor em boas práticas, ter todo tempo disponível, ou ser um jedi da programação. Na maioria das vezes, não é necessário nem digitar uma linha de código. Utilizar um projeto, fazer uma divulgação e escrever um tutorial são ótimas maneiras de mostrar a esses desenvolvedores que seus códigos são de grande valia para muitas pessoas.

Muitos desenvolvedores possuem uma desculpa muito característica quando se fala em compartilhar aprendizado: nunca são bons o suficiente. Podem ter 10 anos de experiência, mas sempre acham que não sabem nada, ou que não possuem didática para explicar, entre outras desculpas. Já está na hora de mudarmos esse pensamento. O pouco que sabemos sobre algo já pode auxiliar muito alguém que não sabe realmente nada. Por exemplo, se sabemos como instalar uma determinada biblioteca e vemos que na internet não existe um conteúdo em português, por que não produzir um tutorial ensinando? Iremos gastar 5-10 minutos e poupar vários minutos de quem vai utilizar a biblioteca pela primeira vez.

E sim, você deveria ajudar a divulgar e espalhar conhecimento em tecnologias, linguagens e projetos que você utiliza no seu dia a dia. Todo o dia aprendemos um pouco mais sobre tudo a custo zero, utilizando a internet, em sites como o iMasters, Medium e Stackoverflow, ou no Slack e Telegram, nas redes sociais… E se não tivesse alguém divulgando esse conhecimento, provavelmente você não seria um desenvolvedor tão bom quanto é hoje. Compartilhando o que você aprendeu ou descobriu, você pode influenciar outros desenvolvedores mais novos a conhecerem mais sobre o assunto. A sensação de receber um feedback de alguém que conseguiu evoluir em um projeto ou aprender algo com um post seu é indescritível. Só quem já recebeu sabe o quanto isso é importante para a carreira dos grandes desenvolvedores de software.

Fora os meios digitais de interação. Pessoas de todos os locais se reúnem para conversar, divulgar e evoluir seu conhecimento fisicamente em comunidades de desenvolvedores (uma comunidade é um conjunto de pessoas que desenvolvem em uma determinada tecnologia e se encontram em algum evento na sua cidade, no seu estado ou em seu país). Esses encontros proporcionam aos desenvolvedores juniores um contato direto com desenvolvedores seniores, uma troca de experiência muito enriquecedora.

Uma ferramenta que vem sendo bastante utilizada para a divulgação desse tipo de comunidade é o Meetup (meetup.com). Pelo Meetup é possível encontrar por proximidade geográfica quais os grupos que existem perto de você e quais os próximos encontros que irão ocorrer nos grupos do quais você faz parte. Existem grupos de todos os tipos, linguagens, tecnologias… Node, Front-End, Java, PHP, Ruby, Programação Funcional, iOS, GDGs (google developer groups), Docker, AWS, frameworks em geral e até mesmo compartilhamento de experiências em língua inglesa.

Muitos tipos de encontro de desenvolvedores existem, mas alguns são mais comuns acontecerem:

  • Beer, pinga, pub e similares – eventos onde os desenvolvedores se encontram em um bar ou restaurante para dividir experiências de modo descontraído. É um ótimo meio de conhecer uma comunidade e se aproximar ainda mais dos membros. Não há distinção entre membros novatos e antigos, já que o ambiente é propício para todo tipo de interação. Além de ser uma ótima forma de conhecer novos amigos, caso você tenha se mudado para uma nova localidade. Um exemplo desse tipo de encontro é o Devbeers.
  • Meetups ou Talks – eventos menores de palestras, realizado geralmente em um espaço de alguma empresa ligada a tecnologia e a qual a comunidade está envolvida. Geralmente, um ou dois palestrantes compartilham um tema técnico, de boas práticas ou de vivência. Além das palestras, existem alguns momentos de descontração e de interação entre os membros, já que geralmente ocorrem coffee breaks ou mesas redondas. Ocorrem geralmente à noite ou em um dia de final de semana.
  • Dojos – eventos de codificação onde os participantes se ajudam em função de resolver um desafio, criar funcionalidades ou conhecer uma nova tecnologia. Geralmente um de cada vez coloca a mão no código, enquanto outros participantes dão sugestões para melhorar o desenvolvimento, ensinar um caminho ou achar uma solução em conjunto.
  • Eventos maiores – eventos realizados por grandes comunidades ou empresas com o intuito de promover o compartilhamento de conhecimento. É um ótimo lugar para conhecer todas as novidades de tecnologia. Além de interagir com grandes nomes do mercado e as ferramentas mais atuais. Com certeza muitas comunidades locais estarão presentes nesses eventos e você terá a chance de conversar com todos. São locais ideais para aumentar a sua rede de contatos. O InterCon é um grande exemplo de evento maior.

Você deveria participar desses encontros e conhecer as comunidades. Isso melhora nosso nível técnico, ajuda a aprender novas tecnologias, proporciona interação com os criadores das ferramentas que utilizamos… É importante para nos desenvolvermos como pessoas. É um ótimo jeito de melhorar nossas skills para buscar aquele crescimento profissional que tanto almejamos.

Então, o que está esperando? Procure no Google, entre no Meetup, vá ao fórum do iMasters agora e participe da comunidade da sua tecnologia preferida. Com certeza a sua vida como desenvolvedor vai ser melhor do que você imaginou.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Themes
grupo IO